Pró-Sertão incrementa economia do Seridó com R$ 1,6 milhão

O Programa de Industrialização do Interior, o Pró-Sertão, está incrementando a economia do Seridó potiguar com até R$ 1,6 milhão. Este é o valor investido na região por apenas um dos parceiros do projeto, a Guararapes, gigante do setor têxtil. O valor comprova a importância da iniciativa para a economia do Estado, principalmente por gerar emprego e renda nos pequenos municípios do RN. A cifra foi revelada pelo diretor industrial da Guararapes, Jairo Amorim, durante a segunda edição do Seminário Técnico do Pró-Sertão, realizado semana passada, em Parelhas. O executivo apresentou as metas do grupo, revelando que a expansão das lojas da Riachuelo está diretamente relacionada ao incremento da produção industrial.

“O Pró-Sertão veio para mudar por completo a realidade do Estado. É um projeto de fundamental importância para o desenvolvimento da nossa região, levando emprego e renda para cidades onde não havia oportunidades. E o que estamos vendo hoje é apenas o começo de uma verdadeira revolução”, disse o deputado federal eleito Rogério Marinho, criador do projeto. Em apenas um ano, o Pró-Sertão já conta com 69 facções cadastradas, gerando mais de 1,2 mil empregos diretos. O programa foi idealizado por Rogério Marinho durante sua passagem pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, e foi viabilizado graças a parceria firmada entre a Fiern, o SEBRAE e as empresas do setor, como a própria Guararapes.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima