Deputada pede reabertura da Delegacia da Mulher de Caicó

cristiane

Em pronunciamento na sessão desta quinta-feira (21), na Assembleia Legislativa, a deputada estadual Cristiane Dantas (Solidariedade) levou a plenário a denúncia feita em redes sociais, pela estudante Eva Luana, de 21 anos, natural de Camaçari, na Bahia. Vivendo sob proteção da Justiça, Eva tornou público que durante anos seu padrasto abusou de sua mãe.

“Ela era agredida com chutes, joelhadas, objetos. Era abusada sexualmente de todas as formas possíveis”, relatou Cristiane Dantas, sobre as postagens de Eva Luana nas redes sociais, ressaltando que a garota também foi abusada pelo padrasto. “Existem muitas Evas”, ressaltou a deputada, que apresentou requerimento pedindo a reativação da Delegacia de Atendimento a Mulher do município de Caicó, desativada desde 2017 após um incêndio.

A deputada Cristiane Dantas citou o Rio Grande do Norte como o quinto Estado mais violento e ressaltou que em janeiro, os índices de violência contra as mulheres já eram “alarmantes”. A parlamentar criticou a desativação, desde outubro de 2018, da Patrulha Maria da Penha, afirmando que já procurou a Secretaria de Segurança do Estado para tratar do assunto.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima