Em Brasília, titular da Semarh reforça pleitos para importantes obras hídricas no RN

MDR

Durante reunião com o secretário de Segurança Hídrica do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), Marcelo Borges, na manhã da última sexta-feira (22), em Brasília, o secretário estadual do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, João Maria Cavalcanti, discutiu a viabilização de recursos para a execução e o andamento de importantes obras hídricas para o Rio Grande do Norte. O diretor de Gestão da Agência Nacional de Águas (ANA), Ricardo Andrade, também estava no encontro, junto com o Presidente do Instituto de Gestão do RN (Igarn), Francisco Caramuru, e o presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do rio Piancó-Piranhas-Açu, Paulo Varela.

Na ocasião, João Maria reforçou os pleitos da Governadora Fátima Bezerra e solicitou recursos para a execução do Projeto Seridó, que prevê a implantação de adutoras e suas interligações, a partir da Barragem de Oiticica, após sua conclusão, e da Barragem Armando Ribeiro Gonçalves, bem como recursos para as obras de recuperação da Barragem de Passagem das Traíras.

“O resultado da reunião foi excelente, Marcelo Borges se mostrou empenhado em ajudar o RN. Ele se comprometeu em viabilizar recursos para a recuperação da Barragem de Passagem das Traíras, caso os estudos apontem a necessidade das obras”, destaca João Maria, acrescentando: “Sobre o Projeto Seridó, o Secretário Nacional ressaltou que sua importância está prevista dentro do Plano nacional de Segurança Hídrica e que o Governo Federal vai se empenhar em incluir, no Plano Plurianual de 2020, as verbas necessárias para a execução das obras”.

Outra resposta positiva e importante para o Estado foi em relação ao fluxo financeiro para as obras da Barragem de Oiticica. De acordo com João Maria, o MDR garantiu que os repasses serão liberados de acordo com a apresentação das medições e não haverá atraso na liberação dos recursos.

Barragem de Oiticica

As obras da parede da barragem já se encontram com um percentual de execução de 70% e da Nova Barra de Santana, construída para abrigar os moradores do distrito que será alagado pela construção do reservatório, atualmente com percentual de execução de 55%. O novo cemitério está praticamente concluído, aguardando trâmites burocráticos e ambientais para o início da remoção dos restos mortais.

Projeto Seridó

Fruto de um convênio entre o Governo do Estado e a Agência Nacional de Águas (ANA), o projeto executivo do Sistema Seridó está em fase conclusão com investimentos de R$ 5,5 milhões. Além dos projetos básicos de adutoras, ele também está projetando suas interligações, a partir da Barragem de Oiticica, após sua conclusão, e da Barragem Armando Ribeiro Gonçalves. O custo estimado para a execução da obra é de R$ 150 milhões. As alternativas dos traçados das adutoras que estão sendo projetadas foram discutidas com toda sociedade da região, através de audiências públicas. Como resultado da alternativa escolhida, está prevista a implantação de dois eixos adutores para a região, dividida entre Seridó Norte e Seridó Sul. Para o Seridó Norte, a captação ocorrerá na barragem Armando Ribeiro Gonçalves (Captação Jucurutu) e a adução seguirá para os municípios de Jucurutu, Florânia, São Vicente, Currais Novos, Acari e Serra de Santana. Para o Seridó Sul, o sistema é composto por vários trechos dispostos no território, cada um exercendo uma função específica no contexto da solução conjunta. O Projeto Seridó também considera o aporte de água a partir do Sistema Operacional do Projeto de Integração do São Francisco (PISF), na Bacia do rio Piranhas.

Recuperação de Passagem das Traíras

O Governo do Estado, através da Semarh, contratou um estudo que está traçando um panorama e vai mostrar a real situação em que se encontra a barragem. Será realizada uma sondagem do reservatório para indicar onde e se será necessário que ocorra alguma intervenção. A Contratação também prevê a elaboração do projeto de recuperação da barragem, previsto pra ser concluído em Maio.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima